Blog

Aprenda a criar uma estratégia de co-marketing para gerar mais leads

Vendas marketing digital

clientes em reunião estratégica

Atrair novos clientes é interessante para qualquer empresa, por isso, grande parte dos esforços é dedicada à captação de novos leads. E uma das estratégias mais eficientes e utilizadas atualmente para isso é o co-marketing.

Talvez você ainda não conheça o conceito, mas certamente já foi alvo de uma ação.

Foi isso que aconteceu, por exemplo, quando a RedBull e a GoPro se uniram para criar uma das ações mais impactantes da era do marketing digital: o case Stratos, que transmitiu ao vivo pelo YouTube o primeiro salto em queda livre da estratosfera.

Com um público em comum, as duas marcas criaram um conteúdo memorável em parceria, conseguiram gerar repercussão e ainda reforçar os seus valores de inovação e aventura.

A essa parceria se dá o nome de co-marketing, e é sobre ela que vamos falar neste artigo.

Quer entender melhor essa estratégia e como utilizá-la? Confira agora todos os detalhes:

O que é co-marketing?

Co-marketing pode ser definido como a parceria entre duas (ou mais) marcas com um público em comum para criar um produto ou conteúdo de valor, de maneira que todas se beneficiem da estratégia.

Portanto, se você acha que uma empresa com o mesmo público-alvo que a sua é uma concorrente, é bom repensar essa ideia. Muitas vezes, ela pode oferecer um produto complementar ao seu ou atuar em um segmento diferente.

Imagine, por exemplo, que um hotel e uma empresa de locação de veículos atuam em setores diferentes, mas podem atingir o mesmo público: turistas que visitam a cidade.

Então, aí está uma boa oportunidade de parceria, que pode gerar um e-book com dicas de lugares imperdíveis para conhecer naquele destino, por exemplo.

Por que vale a pena fazer co-marketing?

reunião de estratégia de co-marketing,

Com uma boa estratégia de parceria em co-marketing, você pode trazer muitos benefícios para a sua empresa

A parceria entre GoPro e RedBull é um exemplo de uma mega ação realizada entre as marcas. Mas, não pense que a estratégia é exclusiva para grandes empresas, nem que o conteúdo ou produto gerado precisa ser dessa magnitude.

Qualquer empresa, de qualquer porte ou segmento, pode fazer co-marketing e produzir algo bacana para o público.

Com o marketing de conteúdo popularizou-se a ideia de produzir artigos (guest posts), e-books e webinars em parceria.

Mas também é possível criar uma ferramenta online, um evento, um produto físico e o que mais a criatividade permitir.

O importante é oferecer um conteúdo ou produto que tenha valor para o público.

Dessa maneira, as marcas se beneficiam com:

Aumento do alcance da marca

Ao elaborar um conteúdo ou produto em parceria, a divulgação tende a ser realizada pelas duas marcas.

Assim, o público que acompanha uma empresa conhece a outra, o que aumenta o potencial de geração de leads para as empresas.

Construção de autoridade

Quando uma marca admirada faz co-marketing com outra empresa, o consumidor entende que elas têm os mesmos valores e credibilidade.

Então, a autoridade de uma passa para outra, e as duas conquistam a confiança do público.

Divisão de investimentos e esforços

Se você constrói uma ação de marketing sozinho, arca com todos os investimentos e precisa assumir todos os esforços de planejamento, criação, divulgação etc.

Já em parceria, as marcas dividem os recursos materiais e humanos necessários para o desenvolvimento da estratégia.

5 dicas para criar uma estratégia de co-marketing eficiente

Então, quer saber algumas dicas de como fazer co-marketing para gerar mais leads?

Acompanhe agora as principais orientações:

1. Escolha um bom parceiro

parceiros definindo estratégias de co-marketing

Escolher um bom parceiro é essencial para o sucesso da sua estratégia de co-marketing.

O maior segredo do sucesso da estratégia está na escolha do parceiro. Essa marca deve ser relevante para o mercado, com autoridade e boa reputação, além de trazer um público interessante para você. Mas você também deve escolher alguém com quem tenha um bom relacionamento.

2. Alinhe responsabilidades, prazos e expectativas

Já nas primeiras reuniões, é importante alinhar os objetivos da ação e entender o que cada marca pretende.

O co-marketing é uma parceria e deve trazer resultados positivos para todos os participantes. Além disso, defina também os responsáveis e os prazos para cada atividade, de maneira que o combinado fique documentado para evitar possíveis conflitos.

3. Defina o que será compartilhado

Outro possível ponto de conflito é o que cada empresa vai compartilhar em prol da ação de marketing. O cadastro de clientes, por exemplo, pode entrar na negociação. Se envolver a venda de um produto, a receita também pode ser compartilhada, e precisa ser dividida de uma forma justa. Então, é preciso entrar em acordo sobre essas questões.

4. Entenda o que é relevante para os públicos

Para definir o conteúdo ou produto que o co-marketing vai gerar, é essencial olhar para o público.

Embora eles devam ter um perfil em comum, os públicos de cada empresa podem ter interesses específicos. Então, converse para entender qual seria o material e a linguagem ideal para agradar a todos.

5. Avalie os indicadores de sucesso

Ao planejar a ação, é importante definir os indicadores de sucesso, como o número de downloads de um e-book ou o faturamento com as vendas do produto criado em parceria.

No final da ação, são esses indicadores que vão mostrar se ela trouxe os resultados esperados e se vale a pena repetir a parceria no futuro.

Enfim, essas são algumas dicas básicas para criar uma ação de co-marketing eficiente.

Perceba que uma grande preocupação é a criação de um relacionamento positivo com a marca parceira, com base em acordos e transparência. Com isso, fica mais fácil deslanchar a ação para que ela traga os melhores resultados.Agora, se você gostou do que leu, assine a nossa newsletter para ficar por dentro de todos os conteúdos que publicamos aqui no blog!


Artigos Relacionados

Sobre o autor

Daniel Palis Daniel Palis

Possui formação em Ciência da Computação pela USP, Publicidade & Propaganda pela UFG, além de um MBA em Marketing Digital (ESPM/SP). Trabalhou por mais de 3 anos na SKY, empresa de TV por assinatura, fazendo parte da equipe de Marketing.


× Baixe agora nosso e-book sobre 10 dicas de marketing digital para sua empresa
Quero o e-book!

Fale Conosco