Calina

Artigos

Remarketing: como usar em sua estratégia de vendas

aprox. 8 min / Marketing Vendas

entendendo o que é remarketing

Se você costuma pesquisar ou comprar produtos pela internet, já deve ter sido atingido por anúncios de remarketing — mesmo que você ainda nem saiba o que é remarketing.

Esse termo se refere à estratégia de “perseguir” os consumidores depois que eles visitam um e-commerce. Mas não se assuste: não se trata de stalking nem assombração. É simplesmente uma estratégia de marketing digital, possibilitada pelos códigos e filtros de segmentação das plataformas de publicidade da web.

Neste artigo, então, você saberá o que é remarketing e como essa estratégia pode ser poderosa para alavancar as conversões do seu site ou e-commerce. Acompanhe para entender tudo:

O que é remarketing?

Remarketing é uma estratégia de outbound marketing que exibe anúncios para consumidores que já visitaram o seu site ou aplicativo.

Talvez eles já tenham visitado a página inicial do seu site ou alguma página específica de produto. Talvez eles já tenham passado por todo o processo de compra, mas abandonaram o produto no carrinho por algum motivo. Ou, Talvez eles até já tenham comprado o produto, e você queira sugerir uma compra complementar.

Na configuração da campanha de anúncios, você define qual dessas ações do usuário deve ativar o remarketing. Um código instalado no seu site ou aplicativo é responsável por identificar essa ação e mandar a informação para a plataforma de publicidade online, que então exibe os anúncios para ele.

Assim, ele passará a ver a sua publicidade nos canais que acessar pela web. Enquanto ele pensa sobre a sua marca e amadurece a ideia de adquirir o seu produto, você aparece para ele e tem a chance de retomar o interesse na compra.

Mas onde os anúncios serão exibidos? Isso vai depender da plataforma que você utilizará para criá-los: Google Ads ou Facebook Ads. Agora que você sabe o que é remarketing, vejamos como utilizá-lo nessas plataformas.

Como o remarketing beneficia a sua empresa

Independentemente se o usuário apenas visitou o seu site ou deixou um produto no carrinho, de uma coisa você tem certeza: ele já conhece a sua empresa.

Essa precisão na segmentação do público é a grande vantagem do remarketing. Sua campanha não atinge qualquer pessoa — você atinge um consumidor que já interagiu de alguma forma com o seu site ou aplicativo.

Isso significa que ele não está mais no estágio inicial da jornada de compra. No início, o consumidor sequer sabe o que deseja comprar. Ele ainda está tentando entender qual necessidade precisa resolver. Por isso, dificilmente um usuário realiza uma compra já na primeira vez em que acessa um e-commerce.

Porém, esse consumidor que você atinge com o remarketing já avaliou opções de compra, conheceu a sua marca, pesquisou sobre os produtos. Portanto, ele está mais avançado na jornada.

Boa parte do caminho já está percorrido, então esse consumidor está mais propenso a comprar. Você só precisa despertar o interesse novamente ou simplesmente lembrá-lo do carrinho abandonado.

Dessa forma, as possibilidades de conversão aumentam muito — seja uma venda no e-commerce, seja um contato ou orçamento pelo site.

Remarketing no Google Ads

Depois de ver o que é remarketing, vamos ver em quais plataformas você pode configurá-lo.

O Google Ads, antigo Google Adwords, é uma das opções. Na plataforma de publicidade do Google, é possível criar campanhas de remarketing para alcançar os usuários enquanto eles navegam pela internet.

Na configuração da campanha, você precisa selecionar um dos dois tipos de campanhas em que o remarketing é permitido:

  • Rede de display: os anúncios são exibidos na rede de sites e aplicativos parceiros do Google;
  • Rede de pesquisa: os anúncios são exibidos como links patrocinados no próprio buscador.

Na plataforma, você ainda pode configurar a campanha de remarketing para que atinja usuários que já interagiram com seus vídeos ou seu canal no YouTube.

Outra opção é segmentar com uma lista de clientes: você mesmo fornece uma lista de contatos para que eles sejam impactados enquanto navegam pelas redes do Google.

Remarketing no Facebook Ads

No Facebook, também é possível configurar campanhas de remarketing. Nesse caso, os anúncios também alcançam os usuários enquanto navegam pela internet, porém em canais que pertencem à rede do Facebook. Na configuração da campanha, você pode definir onde quer exibi-los:

  • Facebook;
  • Instagram;
  • Messenger;
  • Audience Network (sites parceiros do Facebook).
como usar o remarketing no  facebook

NÃO BASTA SABER O QUE É REMARKETING, É NECESSÁRIO TAMBÉM ENTENDER QUAIS AS MELHORES FORMAS DE UTILIZÁ-LO PARA ADQUIRIR OS MELHORES RESULTADOS.

Para começar uma campanha de remarketing, você precisa antes criar um público personalizado no Gerenciador de Anúncios. Ele deve ser criado a partir da ação do usuário que vai ativar a exibição dos anúncios, como “pessoas que visitaram tal página” ou “clientes que abandonaram o carrinho”.

Depois, você configura a campanha de anúncios normalmente, e opta por essa seleção de público. Além disso, também é possível usar outros filtros de segmentação, como faixa etária, localização e interesses, para tornar o alcance ainda mais preciso.

Portanto, a precisão na segmentação do público é o grande trunfo do remarketing. Você consegue alcançar usuários que estão a um passo de efetuar uma conversão.

Dessa forma, saber o que é remarketing pode aumentar os resultados que a sua empresa mais deseja: mais conversões, mais leads, mais vendas.

Agora que você já entendeu o que é remarketing, siga-nos no Facebook e no LinkedIn para acompanhar todas as nossas dicas de marketing digital para a sua empresa!


Sobre o autor

Daniel Palis Daniel Palis

Possui formação em Ciência da Computação pela USP, Publicidade & Propaganda pela UFG, além de um MBA em Marketing Digital (ESPM/SP). Trabalhou por mais de 3 anos na SKY, empresa de TV por assinatura, fazendo parte da equipe de Marketing.


Artigos Relacionados
× Baixe agora nosso e-book sobre 10 dicas de marketing digital para sua empresa
Quero o e-book!