Artigos

Nossos conteúdos

Que tal aprender mais sobre como o Marketing Digital consegue ajudar a sanar as dores do seu negócio?

O gerador de tráfego é uma estratégia efetiva?

aprox. 8 min / Marketing

Usar um gerador de tráfego é a solução que algumas empresas estão buscando para aumentar sua visibilidade.

A intenção de um software como esse é aumentar exponencialmente o número de pessoas que acessam as suas páginas. Dessa forma, os resultados do negócio com o marketing digital tendem a aumentar: quanto mais visitantes no site, mais chances de convertê-los em leads e clientes.

Mas como funciona um gerador de tráfego? Será que ele realmente entrega o que promete? Vamos ver agora como funciona e se vale a pena usar esse tipo de software:

Por que é importante gerar tráfego?

Antes de saber como funciona um gerador de tráfego, vamos entender: por que você usaria esse tipo de software?

Independentemente do objetivo do site, ele depende de tráfego para sobreviver. Afinal, não adianta publicar conteúdos e descrever tudo sobre a sua empresa se você não recebe visitante para consumir essas informações.

Mas o tráfego torna-se essencialmente importante em uma estratégia de marketing de conteúdo. Ter um blog só faz sentido se você recebe visitantes para ler os conteúdos e conhecer a sua empresa.

Resultados efetivos para o negócio, porém, não dependem apenas do tráfego — dependem também das estratégias para engajar os usuários e convertê-los em leads ou clientes e, assim, conquistar vendas.

Resumidamente, então, estes são os motivos para investir em geração de tráfego:

  • Gerar mais visibilidade para a empresa;
  • Potencializar a estratégia de marketing de conteúdo;
  • Atrair potenciais clientes e aumentar as chances de vendas;
  • Gerar valor para o site aos olhos dos anunciantes.

Como funciona um software gerador de tráfego?

Não adianta apenas produzir conteúdo digital e esperar os visitantes — é preciso adotar estratégias para atraí-los. E, uma das soluções adotadas por algumas empresas é usar um gerador de tráfego.

Um software gerador de tráfego promete aumentar consideravelmente o número de visitantes do seu site sem investir um centavo em mídias pagas. Como ele faz isso?

Alguns deles funcionam em um sistema de troca: você publica anúncios de outros sites cadastrados na plataforma, enquanto eles também anunciam o seu site e direcionam tráfego para você.

Ou simplesmente, eles visitam o seu site e, em troca, você visita os deles. Outros ainda incluem o seu site em uma rede de anunciantes para gerar visitas. Nesses casos, você recebe visitas de pessoas reais.

Em outros tipos de gerador de tráfego, os acessos são artificiais. Ou seja, você aumenta o número de visitantes com robôs, não com pessoas reais.

Alguns geradores de tráfego oferecem opções limitadas de segmentação do público, como o país de origem e palavras-chave de interesse. Além disso, existem opções pagas e gratuitas.

Vale a pena usar um gerador de tráfego?

gerador de trafego

APESAR DE PARECER UMA ÓTIMA FERRAMENTA, O GERADOR DE TRÁFEGO PODE SE TRANSFORMAR NUMA ARMADILHA. POR ISSO, ANALISE BEM SE ESSA FERRAMENTA TE SERVENTIA À SUA ESTRATÉGIA.

Um gerador de tráfego aumenta o número de visitantes do seu site? Sim!

São pessoas reais que visitam o seu site? Em alguns softwares, sim!

Porém, os prós de um gerador de tráfego acabam por aqui. O grande ponto negativo desse tipo de software é que ele atrai pessoas que não têm nada a ver com o seu negócio. Elas acessam as suas páginas, mas logo saem, porque aquele conteúdo não interessa a elas.

Dessa forma, você acaba inflando a quantidade de acessos do site com visitantes que não representam potenciais clientes. Assim, você provavelmente terá bastante tráfego, mas nenhuma conversão.

Além disso, atrair um público não qualificado tende a piorar métricas que são importantes para o ranqueamento no Google, como o tempo de permanência, a taxa de rejeição e o número de páginas visitadas.

Ironicamente, um dos argumentos de um gerador de tráfego é melhorar o posicionamento, já que o Google prioriza sites com bastante acesso. Porém, o buscador avalia outras questões mais relevantes para indexar e ordenar as páginas.

Um desses fatores são os sinais do usuário sobre a sua experiência na página, que são evidenciados pelas métricas que exemplificamos acima. E se você atrai visitantes desinteressados no conteúdo, essa experiência será negativa.

Outro fator é o uso de práticas maliciosas (chamadas de black hat) para aumentar suas métricas, e o gerador de tráfego pode se encaixar nisso. Nesse caso, o seu site pode ser banido dos resultados da busca, o que seria muito prejudicial ao seu negócio.

Como gerar tráfego de maneira eficiente?

A geração de tráfego não pode ser feita a qualquer custo. É preciso delinear uma estratégia consistente, alinhada aos objetivos do negócio, para atrair visitantes que tenham interesse no que você tem a oferecer.

O ideal é fazer isso com os canais de aquisição de tráfego usuais, como a busca orgânica do Google, links patrocinados e redes sociais. Nesses canais, você pode usar recursos avançados de segmentação e escolha de palavras-chave, que garantem que os usuários tenham interesse no que a sua empresa tem a oferecer. Esses visitantes, então, são potenciais oportunidades de negócio.

Porém, se cada usuário representar apenas um número nas suas estatísticas (como geralmente acontece em um gerador de tráfego), você não colhe resultados desses visitantes. Entenda que você não precisa de milhares de visitas — você precisa dos visitantes certos.


Sobre o autor

Daniel Palis Daniel Palis

Possui formação em Ciência da Computação pela USP, Publicidade & Propaganda pela UFG, além de um MBA em Marketing Digital (ESPM/SP). Trabalhou por mais de 3 anos na SKY, empresa de TV por assinatura, fazendo parte da equipe de Marketing.


Artigos Relacionados
× Se interessou pelo conteúdo? Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar seu negócio
Fale conosco