Blog

Entenda como planejar um gerenciamento de serviços de TI eficiente

Ferramentas TI

tela com código fonte, ferramenta essencial para gerenciamento de serviços de TI

Você consegue imaginar uma empresa funcionando sem suporte de TI? Computadores, dispositivos, sistemas, redes, internet, sites... Tudo isso diz respeito à tecnologia da informação, e o seu bom funcionamento depende de um gerenciamento de serviços de TI eficiente.

Os profissionais envolvidos nas atividades e no gerenciamento de serviços de TI precisam estar cientes da importância do seu trabalho. Eles são responsáveis pelo bom funcionamento de uma estrutura que atende as necessidades do negócio e viabiliza a produtividade, sem a qual não haveria possibilidade de competir no mercado atual.

Por isso, a empresa deve contar com bons fornecedores e equipamentos, mas principalmente com modelos de gestão empresarial que organizem a complexa estrutura que a tecnologia da informação exige.

Então, vamos falar agora sobre as melhores práticas para gerenciar os serviços de TI e obter os melhores resultados com essa gestão. Acompanhe agora para saber as nossas dicas:

Como funciona o gerenciamento de serviços de TI?

O gerenciamento de serviços de TI (ou simplesmente GSTI) é a gestão integrada de todos os processos e atividades que envolvem a tecnologia de informação.

Muitas vezes, as empresas não enxergam a TI como uma área estratégica do negócio e tratam cada atividade de maneira isolada — o desenvolvimento de um sistema, a instalação de um software, o monitoramento de um equipamento, o atendimento ao cliente, entre outras.

Além disso, muitas organizações enxergam o gerenciamento de serviços de TI apenas como a área de suporte ao usuário. Tornando esse setor, assim, atuante apenas de maneira passiva, ao atender as dúvidas e dificuldades no uso das redes e dispositivos.

Contudo, a visão do gerenciamento de serviços de TI precisa ser muito mais abrangente. A empresa deve enxergar a tecnologia da informação estrategicamente, como uma área que permeia toda a organização. Ela envolve diversas atividades e profissionais, que interagem entre si e com as outras áreas da empresa e que atuam com um foco preciso: a experiência do usuário.

Com esse foco, o gerenciamento trabalha com os pilares de uma boa gestão: pessoas, processos e ferramentas. Os objetivos são aumentar a eficiência dos serviços, buscar a redução de custos, trazer mais agilidade e entregar os melhores resultados.

Quais são os métodos de gerenciamento de serviços de TI?

Para que os serviços de TI atuem de maneira integrada e atendam aos objetivos da organização, é preciso adotar métodos de trabalho e parâmetros de qualidade no gerenciamento. Então, vamos conhecer agora alguns dos principais modelos de GSTI que você pode aplicar na sua empresa:

ITIL (Information Technology Infrastructure Library)

pessoas no computador atualizando o  gerenciamento de serviços de TIUma das principais diretrizes do gerenciamento de serviços de TI é a gestão integrada desse setor com os as demais áreas da empresa.

ITIL é a metodologia de gerenciamento de serviços de TI mais utilizada. Trata-se de uma coletânea de publicações sobre as boas práticas de gerenciamento, que foram testadas e validadas por diversas organizações internacionais. A metodologia foca no alinhamento dos serviços de TI com as necessidades do negócio.

COBIT (Control Objectives for Information and related Technology)

COBIT é um framework de gerenciamento de serviços de TI. Também preocupado com o alinhamento entre os processos e as necessidades da empresa, o COBIT é uma das metodologias mais focadas na otimização dos investimentos. É composto por 34 processos e 210 objetivos de controle, que estão divididos em quatro domínios:

  • Planejar e organizar;
  • Adquirir e implementar;
  • Entregar e suportar;
  • Monitorar e avaliar.

CMMI (Capability Maturity Model Integration)

O CMMI é um dos modelos de gerenciamento de TI mais aplicados no desenvolvimento de softwares, embora não se restrinja a isso. Essa ferramenta de gestão é dividida em cinco estágios, pelos quais os processos devem passar:

  1. Inicial (processos desorganizados);
  2. Gerenciado (definição de procedimentos e políticas);
  3. Definido (padronização de processos);
  4. Gerenciado quantitativamente (definição de objetivos de performance);
  5. Em otimização (revisão dos objetivos e melhorias contínuas).

PMBOK (Project Management Book of Knowledge)

PMBOK é uma das principais referências para o gerenciamento de projetos, inclusive nos serviços de TI. Nesta metodologia, os projetos são divididos em cinco estágios:

  1. Concepção e iniciação;
  2. Planejamento;
  3. Execução;
  4. Monitoramento e controle;
  5. Encerramento.

ISO 20000

ISO 20000 é o padrão internacional para o gerenciamento de serviços de TI. Ele é utilizado para uma empresa comprovar que segue requisitos, políticas e procedimentos de gerenciamento. Para isso, deve passar por uma auditoria de implementação da ISO 20000, que concede uma certificação.

No mercado competitivo atual, organização e planejamento são pré-requisitos para o sucesso de uma empresa. Por isso, é preciso adotar modelos de trabalho que atendam às necessidades do negócio e possibilitem o alcance dos objetivos estratégicos.

Nesse sentido, a tecnologia da informação também precisa ser gerenciada com uma visão integrada e com foco na experiência dos usuários. Portanto, o gerenciamento de serviços de TI cumpre um papel estratégico para o negócio.

Agora, leia também sobre a importância da segurança da informação, que também é uma importante preocupação da área de TI.  


Artigos Relacionados

Sobre o autor

Grupo Raccoon Grupo Raccoon

Conteúdo exclusivo do Grupo Raccoon. O Grupo é formado pelas agências Calina, Raccoon e Rocky e tem performance em seu DNA.


× Baixe agora nosso e-book sobre 10 dicas de marketing digital para sua empresa
Quero o e-book!

Fale Conosco