Blog

Saiba a importância do feedback interno e externo para as suas vendas

Marketing Negócios Metas marketing digital

pessoas segurando balões de diálogo mostrando a importância do feedback

É difícil saber o que os outros estão pensando sobre nós, não é mesmo? Poucas pessoas falam abertamente o que pensam e muitas não têm coragem de dar sua opinião. Porém, contar com essa informação pode ser transformador para as nossas vidas, já que a partir dela podemos aprimorar e corrigir algumas atitudes e comportamentos. Com as empresas, acontece o mesmo ― e aí é que está a importância do feedback.

As ferramentas de feedback servem para revelar e estruturar as opiniões sobre algum ponto que esteja em análise, como o desempenho de um colaborador ou uma estratégia da empresa. Só então, com essas informações em mãos, é possível aprimorar determinado aspecto e colocar a empresa no caminho das suas metas.

Neste artigo, portanto, vamos falar sobre a importância do feedback. Tentaremos mostrar que as informações que eles revelam podem ser valiosas, e muito!

Qual é a importância do feedback?

O feedback é uma ferramenta muitas vezes deixada em segundo plano pelas empresas. Elas estão focadas em pensar estratégias e executar ações que tragam resultados imediatos, mas poucas se preocupam em olhar para trás e avaliar o que deu certo ou errado.

Porém, essa atitude é essencial para aprimorar o futuro da organização.

Aqui, estamos falando tanto de feedbacks internos quanto externos. A conversa entre diretores e colaboradores e entre empresas e consumidores cria um diálogo saudável, que tende a revelar pontos que não haviam sido percebidos e que podem ser alvos de melhorias. Assim, a empresa só tem a ganhar:

  • Otimizar processos, estratégias e desenvolvimento da equipe;
  • Criar um ambiente mais saudável de abertura ao diálogo;
  • Criar uma cultura de avaliações e melhorias contínuas;
  • Gerar mais qualidade, produtividade e vendas.

A seguir, vamos explicar melhor como funcionam os feedbacks internos e externos e quais ferramentas podem ser usadas para executá-los.

Feedbacks internos: o que são e como fazer?

homem gesticulando com o notebook na mesa a sua frente, mostrando a importância do feedback.Conhecer as necessidades e o efeito do ambiente de trabalho sobre os colaboradores são dados muito úteis e que, por isso, justificam a grande  importância do feedback interno.

 

Como fazer um trabalho condizente com a relevância e importância do feedback interno? Primeiro, precisamos estabelecer que os feedbacks internos são aqueles realizados dentro da empresa, ou seja, entre os pares ou entre a diretoria e os funcionários.

Os gestores podem criar ferramentas de avaliação entre os colaboradores para que revelem a saúde das relações interpessoais no ambiente de trabalho. Em alguns casos, essas ferramentas podem até revelar casos de intolerância e assédio, que dificilmente são falados abertamente. Canais de denúncia anônima podem ser usados para isso.

A diretoria também pode coletar feedbacks dos colaboradores sobre a organização e a sua satisfação com o trabalho, com a intenção de aprimorar seus processos e aumentar o engajamento da equipe. Ninguém melhor que quem trabalha dentro do negócio para mostrar em que pontos ele pode melhorar, não é? Para isso, pesquisas de clima organizacional ajudam a revelar essas impressões.

Mas, quando se fala em feedback interno, é comum pensar na conversa entre diretoria e colaboradores, geralmente realizada em uma reunião particular. O gestor passa ao funcionário a avaliação do desempenho em determinado período.

Esse é um momento delicado, já que existe uma grande expectativa por parte do colaborador e uma tensão do gestor em transmitir sua avaliação. Mas é importante estabelecer um diálogo transparente, de duas vias, em que fique claro o que o profissional deve fazer para melhorar sua performance.

É dessa maneira que podemos compreender a grande importância do feedback interno, uma vez que tais práticas se tornam ferramentas de desenvolvimento humano e trazem resultados positivos para a empresa.

Feedbacks externos: o que são e como obtê-los?

pessoa apontando para o papel demonstrando a importância do feedback interno e externo.A opinião e o nível de satisfação dos clientes fornece um dos melhores parâmetros para a evolução de uma empresa, mas é sempre preciso entender como usar as ferramentas de feedback da melhor maneira possível.

 

Já a importância do feedback externo se refere a possibilidade real de executar melhorias a partir das opiniões dos consumidores sobre a empresa.

Saber o que eles pensam sobre a sua marca é essencial para ajustar as estratégias ― afinal, é com eles que você quer se comunicar para vender seus produtos, correto? Além disso, a importância dos feedbacks externos também está na criação de um relacionamento mais próximo com aqueles clientes que estão realmente dispostos a ajudar a sua empresa.

Para isso, então, existem várias ferramentas e metodologias. A maneira mais óbvia de saber as opiniões dos clientes é, simplesmente, perguntar diretamente a eles. Isso pode ser feito com pesquisas, enquetes e formulários (físicos ou online) ou com entrevistas e grupos de opinião, para análises mais aprofundadas.

Um exemplo de pesquisa bastante usada é o Net Promoter Score (NPS), um índice de avaliação de 0 a 10 que mede a satisfação dos clientes. Outro exemplo que endossa a importância do feedback externo, e que é bastante inovador, são enquetes como as do Hotjar, que são feitas diretamente no site para avaliar a percepção do visitante.

Mas também é possível avaliar as opiniões dos consumidores sem questionar diretamente a eles. Isso é possível graças à web, que permite que as pessoas se manifestem livremente em redes sociais, blogs e sites de reclamação. Nesses canais, é possível encontrar as opiniões mais diversas (mas principalmente críticas e reclamações...).

Para isso, ferramentas de monitoramento, como Scup e Mention, ajudam a medir o sentimento dos usuários em relação à marca e fazer uma avaliação qualitativa dos comentários.

Independentemente do tipo de feedback, interno ou externo, é importante entender que ele é sempre positivo para a empresa. Mesmo que aponte verdades que nem sempre queremos ouvir, a intenção é que os processos, os colaboradores e as equipes se tornem melhores ao corrigir atitudes e aprimorar potencialidades.

Com uma mentalidade de melhoria contínua, a empresa estará sempre obtendo melhores resultados.

Agora, nos diga: o que você pensa sobre a importância do feedback? Você já utiliza alguma dessas ferramentas na sua empresa? Fale sobre a sua experiência nos comentários abaixo!


Artigos Relacionados

Sobre o autor

Daniel Palis Daniel Palis

Possui formação em Ciência da Computação pela USP, Publicidade & Propaganda pela UFG, além de um MBA em Marketing Digital (ESPM/SP). Trabalhou por mais de 3 anos na SKY, empresa de TV por assinatura, fazendo parte da equipe de Marketing.


× Baixe agora nosso e-book sobre 10 dicas de marketing digital para sua empresa
Quero o e-book!

Fale Conosco