Artigos

Nossos conteúdos

Que tal aprender mais sobre como o Marketing Digital consegue ajudar a sanar as dores do seu negócio?

Pequenos negócios lucrativos: casos reais

aprox. 9 min / Marketing Finanças Negócios

Vontade de empreender, muitas pessoas têm. Mas o sonho de ter seu próprio negócio esbarra em alguns obstáculos, como a falta de dinheiro para os investimentos iniciais da empresa ou o medo de não conseguir clientes.

No entanto, a internet oferece atualmente diversas oportunidades para quem deseja ter pequenos negócios lucrativos, pois muitas empresas nascem hoje na web ou são impulsionadas por estratégias de marketing digital.

Empreender hoje em dia é muito mais simples. Você só precisa encontrar as soluções certas. E é isso que vamos ver neste post: algumas ideias para você saber como empreender, sem muito investimento, mas com bons ganhos. Confira:

ideias de pequenos negócios lucrativos

Vamos ver algumas ideias de negócios que representam reais oportunidades de ganhar dinheiro com pouco investimento e estrutura. Para você ver como realmente dá certo, vamos ilustrar as dicas com casos reais de negócios de sucesso.

1. Nichos de alimentação

Quer uma forma de ganhar dinheiro com um hobbie? Se você gosta de cozinhar, a gastronomia oferece muitas oportunidades de negócio. Você só precisa escolher o seu nicho, como o de bolos caseiros, alimentos veganos ou hambúrgueres, que são nichos do mercado em alta atualmente.

Você pode começar seu negócio em casa, com pouco investimento. As vendas podem acontecer online, em feiras urbanas ou através de bares e restaurantes, sem necessidade de abrir uma loja física. Veja os exemplos de um negócio de marmitas saudáveis e outro de brigadeiros alcoólicos.

2. Produtos artesanais

Além da gastronomia, outro hobbie comum no comércio é o artesanato. Pode ser para a criação de móveis, objetos de decoração, roupas, acessórios de moda, presentes criativos, entre outros. A escolha do nicho vai depender do seu dom e gosto pessoal.

O grande diferencial dos produtos artesanais é que eles são únicos. E por causa dessa exclusividade, é possível cobrar um valor mais alto. No site Elo7, há diversos empreendedores vendendo suas produções artesanais. Nessa reportagem, conheça o caso da Divina Caixa.

3. Cuidadores de pets

A paixão que muita gente tem por cachorros e gatos pode também se tornar um negócio de sucesso. Existem diversas opções: enquanto os donos trabalham ou viajam, você pode hospedar pets, visitá-los em suas casas ou simplesmente passear com eles.

Na internet, a DogHero conecta tutores e anfitriões, que oferecem suas casas para hospedar os cães. Para alguns, é uma renda extra, mas para muita gente, a hospedagem de pets se tornou um negócio. Nessa reportagem, conheça a experiência de uma das anfitriãs da plataforma.

4. Dropshipping

Um dos maiores custos para os empreendedores é a gestão do estoque de produtos. Então, que tal se libertar desse custo? O dropshipping é uma solução: você se responsabiliza apenas pela divulgação e venda do produto, enquanto o estoque e o envio ao cliente são por conta do fornecedor.

O modelo de venda de dropshipping se popularizou no Brasil com lojas que vendem produtos da China, a um preço muito em conta. Mas o modelo não funciona apenas para importados — você pode, por exemplo, divulgar e vender produtos de artesãos da sua cidade.

5. Afiliados

O Marketing de Afiliados é outra forma de ganhar dinheiro na internet sem sequer ter um produto. Você, como afiliado, divulga o produto de outra pessoa, chamada de produtor, e recebe uma comissão a cada venda ou oportunidade de negócio gerada pelo seu trabalho.

Geralmente, o afiliado que realmente ganha dinheiro nessa área é aquele que se dedica a criar uma audiência fiel e significativa na web, com a qual ele consegue monetizar o negócio.

6. Produção de conteúdo na internet

Todo mundo pode publicar na internet, então todos são produtores de conteúdo. Mas muitas pessoas utilizam esse poder para ganhar dinheiro.

Elas publicam nas redes sociais, em um blog ou no YouTube sobre algum assunto específico que gostam, como maquiagem ou games, e conquistam uma audiência engajada, que permite monetizar o conteúdo. Então, o produtor de conteúdo pode:

  • Oferecer espaços publicitários nos seus canais
  • Fazer parcerias com marcas para divulgar produtos
  • Participar de programas de afiliados
  • Prestar serviços relacionados, como uma consultoria

O Henrique Carvalho, por exemplo, alcançou tanto sucesso com blogs, que criou o Viver de Blog, para ensinar outras pessoas a ganhar dinheiro com produção de conteúdo na internet.

Neste ebook você encontrará dicas de como alavancar as vendas e obter melhores resultados, a partir da sua estratégia de marketing digital.

Como iniciar pequenos negócios lucrativos

Agora que você já viu algumas ideias de pequenos negócios lucrativos, vamos dar algumas dicas de como começar bem. Como dissemos, você não precisa de muito investimento ou estrutura no início, mas precisa de qualificação para não jogar sua ideia por água abaixo.

Veja algumas dicas rápidas que separamos para você, que vão ajudar a escolher o produto certo para venda e a tocar adiante o seu projeto de negócio:

  1. Defina o seu público-alvo e conheça bem o seu cliente para criar estratégias de mercado;
  2. Prefira um nicho específico, que tem menos concorrência e exige menos investimento;
  3. Estude o mercado para analisar os concorrentes da sua futura empresa;
  4. Pesquise na internet e com potenciais clientes sobre a demanda pelo seu produto;
  5. Monte um protótipo ou faça um teste inicial para validar sua ideia de negócio;
  6. Aproveite o alcance e o custo-benefício do marketing digital para divulgar o negócio.

Pronto! Com essas ideias de pequenos negócios lucrativos e dicas para começar a empreender, você já pode pensar em como ganhar dinheiro com pouco investimento, em uma área que goste. Nessa jornada empreendedora, a internet será sua maior parceira, tanto para criar um negócio online quanto para divulgar seus produtos e serviços.


Sobre o autor

Daniel Palis Daniel Palis

Possui formação em Ciência da Computação pela USP, Publicidade & Propaganda pela UFG, além de um MBA em Marketing Digital (ESPM/SP). Trabalhou por mais de 3 anos na SKY, empresa de TV por assinatura, fazendo parte da equipe de Marketing.


Artigos Relacionados
× Se interessou pelo conteúdo? Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar seu negócio
Fale conosco